facebookPixel Ir para o conteúdo principal

ISEG - IDEFE :: Executive Education Contents

Voltar

Grab the Future. Our Legacy: Entrevista a Carolina Ramos

Carolina Ramos é Consultora Agrícola, na CONSULAI, e foi aluna da Pós-Graduação em Agribusiness. Em entrevista ao ISEG Executive Education, destacou o corpo docente do programa, o networking  com “pessoas com os mesmos objetivos” e a importância da formação contínua num setor em constante evolução, como é o setor agroalimentar.

 

Em que fase da sua carreira estava quando decidiu realizar uma Pós-Graduação? Qual a sua motivação para a realizar? 

Tirei a Licenciatura e Mestrado em Engenharia Zootécnica, no Instituto Superior de Agronomia, em Lisboa, e tenho tido a oportunidade e o privilégio de contactar diretamente com as várias partes interessadas do setor agroalimentar. No entanto, após 5 anos de experiência profissional na área da consultoria agrícola, senti a necessidade de aprofundar os meus conhecimentos nas áreas de Economia e Gestão, aplicadas ao setor em que trabalho. Assim, e tendo surgido também o desafio, feito pela CONSULAI - onde exerço funções desde o início de 2019-, para frequentar a Pós-Graduação em Agribusiness, do ISEG Executive Education, aceitei sem pensar 2 vezes! A mim, motiva-me saber sempre mais, aprender com os melhores e conhecer pessoas com os mesmos objetivos!  Quero deixar um agradecimento especial a todos os que me apoiaram e enriqueceram – entidade patronal, colegas, professores, amigos e família!

 

Uma Pós-Graduação, como a Pós-Graduação em Agribusiness, é um programa estruturante, com duração aproximada de um ano. O que destaca no seu percurso enquanto aluna? 

Apesar de ter a duração aproximada de um ano, e de ser difícil de conciliar com o trabalho, a Pós-Graduação em Agribusiness foi uma mais valia para mim! Tinha expetativas muito elevadas para esta Pós-Graduação, devido aos conteúdos programáticos apresentados, à qualidade do corpo docente e também pela experiência de colegas que a tinham frequentando em edições anteriores. Estas expetativas foram alcançadas, e tudo vale duplamente a pena, quando assim o é. Mesmo com a questão da pandemia da COVID-19, o corpo docente e o ISEG Executive Education deram o seu melhor para fazer face aos constrangimentos que vivemos em 2020 e para que não ficássemos prejudicados. Para além de toda a aprendizagem e reforço de matérias que já conhecia, tive a oportunidade de conhecer e trabalhar com excelentes colegas, provenientes de diversas áreas e com diferentes experiências (dentro e fora do setor), o que me enriqueceu, tanto a nível profissional como pessoal.

 

Qual o impacto imediato que a Pós-Graduação teve no seu percurso profissional? 

A Pós-Graduação permitiu-me, não só, focar-me nas áreas em que me sentia menos segura como, também, atualizar os conhecimentos técnicos que já ia dominando. Sem dúvida que representou uma mais valia no meu currículo profissional! Tenho a certeza de que a experiência e know-how que obtive me vão permitir abraçar novos desafios na minha carreira profissional, nomeadamente (assim o espero!) dentro da empresa onde trabalho atualmente.

 

Atravessamos um período desafiante e muito incerto, que, no entanto, também é gerador de oportunidades. Que ambições tem para o seu futuro profissional?

De facto, vivemos tempos muito desafiantes e incertos tanto devido à pandemia da COVID-19, como também devido a outras causas, como por exemplo, as alterações climáticas, cada vez mais na ordem do dia. No entanto, todos os desafios também podem trazer algumas oportunidades e é com foco nestas que trabalho todos os dias. Como se sabe, o setor agroalimentar “não pode parar” e, por isso, eu também não quero parar nem baixar os braços! De facto, o setor mostra ser muito resiliente a todas as alterações e reinventa-se a cada adversidade. Nós, como consultores, estamos cá para ajudar e para contribuir para alavancar e melhorar o setor, nas várias vertentes. O foco será sempre procurar novas oportunidades, tanto a nível nacional, como com as experiências a nível internacional.

 

Que importância dá à formação para alcançar esses objetivos?

O setor agroalimentar tem muitas especificidades e está em constante evolução e reinvenção. Assim, todas as áreas que trabalham direta ou indiretamente com este setor, devem evoluir em simultâneo, sendo a formação essencial para o crescimento profissional, tanto, por exemplo, para um produtor, a montante da cadeia agroalimentar, como também para um retalhista, mais a jusante. Atualmente, a competitividade é uma constante e a inovação é uma necessidade em todos os setores! Só conseguiremos fazer mais e melhor, de forma mais eficiente, se tivermos acesso a formação. Depois, a experiência trará o resto!

 

Newsletter

Notícias, cursos, datas e outras informações em primeira mão. Tenha tudo na caixa do seu e-mail.

brochura

Veja toda a nossa oferta na nossa Brochura Institucional

Acreditações

  • Logo AACSB Accredited
  • Logo Associations of MBA
  • Logo DGERT
  • Logo Asaval
  • Logo CMVM
  • Logo PMI
  • Logo RICS

Informações

Miguel Bugalho (+351) 962 681 960
Marta Vieira (+351) 962 682 202
Natasha Nazarali - ISEG MBA (+351) 962 683 725
Geral (+351) 213 922 891 (+351) 213 922 789
Contacte-nos

Programas de Inscrição Aberta

Para Organizações